Voltar

Marmòris Hotel

Um hotel para todas as estações.

Susete Alves, International Sales Director & Management partilha um pouco da históriada sua família proprietária deste hótel com uma profunda ligação ao mármore de Vila Viçosa.

Este hotel simboliza o sentimento da vossa família a esta pedra tão nobre como o mármore?

O propósito principal do hotel foi diversificar um pouco o nosso investimento. Os meus pais trabalham no Mármore há 26 anos cá em Portugal, temos uma forte ligação a Vila Viçosa por ter sido o local do nosso investimento em pedreiras de Mármore, e quando se deu a oportunidade de comprar o edifício pensaram logo na vertente do turismo para deixar para as filhas. Infelizmente a industria do Mármore é uma industria de homens.

Sei que é a ligação é secular. Dedicam-se à extração de mármore há quanto tempo? 

Aqui em Vila Viçosa extraímos Mármore desde 1992, altura em que compramos a primeira pedreira. A ligação ao Mármore vem ainda dos avós do meu pai que ja tinham uma fábrica de transformação de Mármore na zona de Lisboa.

Há de facto uma grandeza do mármore, verdade? 

Sem dúvida, é uma pedra muito nobre e confere um ar nobre onde quer que esteja colocada. Atrevo-me até a dizer que é uma pedra altiva, mas no bom sentido. Eleva qualquer local. Dos nossos clientes todos sentem isso. Para além de que é extraordinário se pensarmos que a metros de profundidade do chão encontramos esta pedra preciosa de um branco límpido, ou rosa forte, verde, amarelo, preto…há de todas as cores. E levou milhões de anos a formar-se até vir à superfície. É incrível o que a natureza faz, mas tudo o que faz faz bem!

Ao estar no Marmòris Hotel sentimo-nos bem recebidos, acolhidos pelas pessoas que trabalham na recepção, no restaurante, no Spa. Faz parte da cultura que quiseram incutir no Marmòris? 

Aqui no nosso hótel, tivemos a sorte de conseguir recursos humanos locais. E o Alentejo tem naturalmente pessoas acolhedoras. Não ensinamos a arte do bem receber, todos os colaboradores são assim desde o início. Para além, disso são todos jovens, é uma característica que todos os clientes reparam, e juventude é alegria certo? Isso no ambiente geral do hótel pesa muito positivamente, e os clientes mesmo não sabendo o porquê notam essa alegria e viçosidade no ar. Estamos na Vila Viçosa, aqui tudo é viçoso!

O Restaurante foi uma grande aposta. O Chef Pedro Mendes e sua equipa têm surpreendido quem por ali passa? 

O restaurante voltou a contar com a ajuda do Chef Pedro Mendes para o chefiar, temos agora uma carta muito mais tradicional e tem-se notado a aderência do cliente ao restaurante com esta aposta. Os clientes têm ficado maravilhados, temos tido cada vez mais clientes que jantam uma noite e vêm repetir na segunda noite. O Pedro tem a super característica de ser um bom relações publicas dele próprio. Qual é o cliente que não gosta de ter o Chefe na sua mesa a dar dois dedos de conversa? O Pedro é assim, e não se importa de partilhar aspectos da vida pessoal dele, o que traz intimidade à relação com o cliente. Eles ficam maravilhados. Para além disso, temos desde Maio se não me engano um sommelier, e desculpe mas vou ser honesta, ele é TOP! Portanto sim, temos razões para apostar no nosso restaurante, temos todas as ferramentas para que corra bem.

O Spa foi pensado para aqueles que querem usufruir em pleno de uma estadia no vosso hotel? 

Sem dúvida. Para além dos dois prémios passados ganhamos este ano mais um prémio do World Luxury Spa Awards na categoria de Luxury Romantic Destination Spa, a nossa Spa Manager anda em constantes formações para adicionar novos tratamentos à nossa lista. Posso dizer que ainda agora terminou uma certificação para as massagens com bambu, que são excelentes para membros inferiores, nunca pára!

Temos uma piscina fantástica aquecida todo o ano que já fez as delicias dos locais mais idosos, pois por ser tão comprida começaram a frequentar para fazer o seu exercício fisico matinal com umas boas braçadas. Não temos sauna, temos hamman, que é mais saudável e não tão agressivo podendo ser frequentado por quase todas as pessoas com limitações de saúde, e um fitness center para quem não descura o físico (no entanto, devo dizer que estamos numa vila encantadora, pacífica, onde o turismo nunca é notado e por isso o ideal é uma boa caminhada ou corrida pelas ruas fazendo um circuito que passe no castelo, no Palácio, no miradouro etc. Mas isto poderão sempre informar-se com o nosso Storyteller, o nosso guia/concierge que cá está para tornar a estadia dos nossos hóspedes mais agradável e enriquecedora).

Escrever um comentário